Futebol de montanha

20190501_194301
O dia do trabalhador começou às 8h com a saída de Ayacucho rumo a Huancayo.
O Peru são montanhas sem fim e desse modo é incontornável fazer uma tirada sem subir e descer muito. Foi o caso do dia de hoje com cerca de 310km em que 90% foram de estradas asfaltadas de dois sentidos mas com largura para só um carro, apertadinho quando nos cruzamos com outros veículos.

Lá fomos trepando até chegar a um povoado, Choclococha, a 3.400m de altitude onde se estava a realizar um jogo do campeonato de futebol em campo “ervado” com inclinação para a baliza da equipa visitante “tufos” de erva onde dava para esconder a bola e a determinada altura com 0-0 e, nós entusiasmados para ver um golo, eis que o jogador que ia isolado para a baliza foi interceptado por uma mota que atravessou o campo. Que maravilha. E assim terminou a 1ª parte não havendo golos. Alguém convidou o Diogo para completar o plantel, mas o nosso homem não arriscou o cabedal naquele campo de qualidade. Não é que o nosso companheiro estivesse com receio de fazer má figura, não!! A questão é que estávamos com uma altitude em que 5 minutos de corrida fazem soltar os pulmões para fora da caixa toráxica.
Fugimos para Huancayo encontrando no caminho vários motivos para sorrir e confirmar que estamos vivos e satisfeitos.

20190501_194109

IMG_5256

IMG_5258

IMG_5267

IMG_5276

IMG_5281

IMG_5284

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *